IncaEmpreendedorismo

Atualmente fala-se tanto sobre cidade inteligente, sustentável, inovação, economias: criativa, compartilhada, colaborativa, verde, produtos orgânicos, negócios de impacto social, mobilidade urbana e política participativa.

Pude comprovar novamente que uma cultura extremamente organizada e evoluída praticava tudo isso com excelência: a civilização Inca!

Essa cultura foi uma rede de conhecimentos artísticos, científicos e tecnológicos de seus antepassados. A base do império Inca era o coletivismo, ou seja, o indivíduo era membro do grupo, apesar que existia uma hierarquia na sociedade. Os Incas eram agricultores, guerreiros, sacerdotes e industriais.

Administravam, praticavam políticas e obras públicas, faziam alianças…o comércio propiciou a unificação e integração entre as províncias, as terras eram divididas conforme o tamanho das famílias, a base da alimentação era batata, milho e carne de llama.

O cerne de sua economia era a agricultura, e permanece forte na América Latina até hoje, e desenvolveram técnica avançadas, plantio feito em terraços, curvas de nível como sistema de irrigação. Usavam como moeda o escambo ou troca entre mercadorias, remuneração de trabalho com mercadoria e comida.

Tinham um rico artesanato e arte em cerâmica, escultura de madeira, tecidos finos e objetos de metal. Instrumentos musicais com variedades de flautas, trombetas, conchas marinhas ou de cerâmica. Aproveito para unir-me ao coro dos peruanos pela devolução dos outros 80% dos objetos da cultura Inca que estão na Universidade de Yale.

Sugiro que políticos, economistas, executivos, empresários, mulheres empreendedoras conheçam um pouco dessa fascinante cultura e vivenciem uma experiência tão rica e saber que em nossa história, temos boa parte da solução dos problemas que vivenciamos hoje.
Sejamos IncaEmpreendedores!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.